“Compromisso com a Vida”

Dizer que nossa humanidade vive um momento dramático talvez seja subavaliar a natureza deste nosso tempo. “Beira do abismo”, “caminho sem volta”, talvez sejam as expressões para melhor definir o conjunto de desafios que enfrentamos no planeta... Em apenas seis meses, o ano de 2020 os evidenciou, durante a pandemia que provoca medo, perdas e nas manifestações de desigualdade, racismo e intolerância. No fundo, há fome no mundo. Fome de alimentos. Fome de Justiça. Fome de Amor pela Vida e sua Unidade, acima das individualidades e da fragmentação que tanto sentimos nos dias de hoje.

Percebemos o quanto temos espoliado a vida. Não fossem suficientes as ameaças à vida e ao meio ambiente, crescem as polarizações antidemocráticas, os poderes intransigentes e retrógrados, antagônicos à busca do entendimento e do diálogo. Visões limitadas que só compreendem a vida dividida simplisticamente, esquerda versus direita, norte versus sul, ocidente versus oriente. Não sabem o valor contido na evidência de que a humanidade é uma só, ainda que com muitas cores e crenças.   

Esta descrição poderia reforçar as visões pessimistas de que a humanidade é um projeto que não deu certo. Não é essa a nossa crença! Há, no mundo todo, mentes e corações devotados à vida. Há projetos, com base científica comprovada, para a reversão do aquecimento global. O que ainda nos separa dessas soluções é a transformação do estado de consciência insensível até aqui à grandeza da vida acima dos interesses de países, grupos, indivíduos. O que nos falta é a percepção da necessidade de um Projeto da Vida, acima de nossa própria vida. Quando alcançarmos esse estado de consciência, a grande transformação estará em curso, a vida prosperará e será respeitada amplamente. Nós, e a quem legarmos a vida, seremos mais felizes e completos.  

Por termos sempre esperança, não desanimamos. Porque temos um Compromisso com a Vida. É o que temos em nossa consciência. Iniciamos uma empresa há 50 anos, quando o mundo da cosmética ignorava o potencial da natureza em suas formulações e manipulava mentes, sobretudo as femininas em confronto com as marcas do tempo, mentindo e prometendo a juventude eterna. Desde sempre mantivemos um compromisso com a verdade e aprofundamos nossa relação com a natureza. Daí o nome Natura, a conciliação entre as naturezas humana e ambiental. Por acreditarmos na potencialidade humana, desenvolvemos nosso modelo comercial a partir da Venda Direta, multiplicando oportunidades, de acesso à renda e de conhecimento, para milhões de vidas.  

Descobrimos na prática o valor transformador da educação. Fomos pioneiros na adoção de refis para diminuição do impacto ambiental de nossos produtos. Com ciência, inovação e respeito à vida, desenvolvemos produtos a partir da maior biodiversidade do mundo: a da Amazônia. Com conservação do meio ambiente e apoio ao desenvolvimento das populações locais, com respeito ao conhecimento tradicional e sua remuneração. Mantendo pessoas com vida digna na floresta, mantida em pé. Alcançamos a liderança de mercado no Brasil e levamos a milhões de vidas a mensagem do “Bem Estar Bem”, de percepção de cuidado e harmonia consigo, com o outro e com o todo do qual a pessoa faz parte. A totalidade da qual todos fazemos parte. Pela universalidade de nossas visões acreditávamos que nosso compromisso era maior, que o mundo nos chamava.  

Somamos forças, amizades e trabalho para expandir nossas mensagens para o mundo. Trouxemos em 2012 a Aesop, com sua estética apurada, seus produtos sofisticados com princípios ativos e fragrâncias de óleos essenciais e seu cultivo de relações nas comunidades onde está. Em 2017 ampliamos fortemente nossa presença global a partir da união com a The Body Shop, empresa que admirávamos há anos, inclusive por nossa afinidade com as mensagens ativistas de Anita Roddick. Neste 2020 recebemos a Avon, com sua maravilhosa história de mais de 130 anos, oferecendo possibilidades de transformação de vidas e de autoestima para milhões de mulheres. Com cada empresa em um ponto da jornada, mas todas caminhando na mesma direção, formamos o grupo Natura &Co. Não apenas para sermos maiores do que éramos, mas para sermos melhores e juntos criarmos uma rede de afeto, transformadora de consciências, promotora de impacto positivo. Somando forças com mais de 6 milhões de pessoas que lutam pela vida. Cultivando autoestima e conhecimento. Produtos e marcas comprometidos com a vida, em 3.000 lojas, em mais de 100 países.  

Hoje é um dia especial nessa caminhada. Olhamos nosso horizonte e, confiantes, estabelecemos onde queremos estar em 10 anos neste Compromisso com a Vida para 2030. Não conhecemos todos os passos, nem todas as respostas a serem dadas, mas temos clareza do sentido. A crise climática é séria. Nós precisamos reconstruir a forma como operamos para sermos mais eficientes e mais verdes. Agiremos de forma transparente em favor de propostas e políticas que tornem isso possível. Auxiliaremos na construção da mudança de sistemas que permitirão à cidadania e aos mercados acompanhar essas transformações. Que a todos transformam, porque educam.   

A Natura é uma empresa carbono neutro desde 2007, mas temos ainda que melhorar muito, e vamos reforçar nosso compromisso climático. Estaremos mais próximos das forças que buscam proteger a Amazônia e trabalharemos ainda mais com a sociedade, comunidades, empresas, governos e academia, para acabar com o desmatamento e revertê-lo até 2030.   

Investimos atenção e cuidados em quem está em nossa rede, mas firmamos compromisso de ampliar e dar transparência a essas ações para melhorar as condições de vida de quem nos acompanha, nessa grande construção de projetos e visão de mundo.  

Buscaremos ser cada vez mais inclusivos em nossas empresas, para que cada vez mais nossa humanidade, única e diversa, esteja nelas espelhada. A inclusão e a luta contra toda forma de discriminação são fundamentais. Acreditamos que podemos e devemos fazer ainda mais por isso. Usaremos as alavancas digitais e nossa crença no cultivo de relações humanas construtivas para expandir isso.  

Para o impacto que nossos produtos geram no planeta, vamos garantir que tenhamos completa circularidade até 2030. Buscaremos ir além, trabalhando pela construção de formas cada vez mais regenerativas de produzir. Com metas claras para cada uma das empresas do grupo. Investiremos tempo e recursos em soluções que promovam uma nova economia e tragam a vida de volta.  

Nada disso será possível se estivermos sozinhos. Construímos muitas pontes ao longo de nossa caminhada, com consultoras e revendedoras que compõem uma poderosa rede, com nossos colaboradores, com os que investem conosco, com os que contam ao mundo como ele se transforma, com os que produzem ciência e com os que exercem políticas públicas, todo um ecossistema com quem nos relacionamos com cada vez maior proximidade.  

Nesta nova década, ampliaremos nossas conexões e inauguramos hoje um novo capítulo de nosso diálogo aberto com a sociedade. Cuidando de nossas relações, cuidaremos do clima. Cuidando do clima, estaremos mais à altura de usufruir e manter a riqueza da qual somos todos herdeiros, a própria Vida. Assim como nossa casa, o vivo planeta Terra.

Luiz Seabra, Guilheme Leal, Pedro Passos e Roberto Marques

Luiz Seabra, Guilheme Leal, Pedro Passos e Roberto Marques